Vizinhos de parede

José Horta Manzano

Os franceses, cujo território faz fronteira com o Amapá, acompanham com preocupação a progressão da covid-19 em território amapaense.

Saint-Georges de l’Oyapock

É que a localidade francesa de Saint Georges, situada bem em frente à brasileira Oiapoque (AP), do outro lado do rio, é um foco de infecção. Dos poucos casos confirmados da doença em toda a Guiana francesa, 90% são provenientes do vilarejo fronteiriço, povoado por apenas 2500 almas.