3 pensamentos sobre “A escolha de Michelzinho

  1. É uma chatice as gracinhas do filhote! Propaganda inútil em momento que o país necessita é de boas resoluções.

    Curtir

  2. Acho que o garoto fez bom trabalho. Certamente ele não sabe das proibições da Constituição (mas quem lhe pediu para fazê-lo deveria, lógico). Vejo esses logos como marcas passageiras dos governos, uma forma de identificar quem está no poder. Já os verdadeiros símbolos nacionais, esses, sim, são duradouros… e não acho que devam ser usados em propaganda. Na propaganda o logo fica bem. Até porque a propaganda é do governo do momento e não do país. Ademais, a propaganda virá, faça o Sr. Temer um bom governo ou não. Posso estar errado, obviamente, mas essa é minha opinião.

    Curtir

    • Você não está errado, João. Sua posição se sustenta. O que acirra minha birra é o fato de ver, nesses símbolos, um braço da marquetagem que tem aturdido incautos.

      Prefiro correr o risco de parecer exageradamente legalista. Por minha parte, continuo preferindo que se aponha, em guisa de selo, a imagem das armas nacionais. São feias? Estão desatualizadas? Que se as ponha em dia, cáspite!

      Apesar de seu caráter passageiro, o governo representa, afinal, o Estado brasileiro. Fico incomodado com esses ocupantes do trono, que, obnubilados pela vaidade, forjam símbolos pessoais em contraposição aos oficiais.

      Nunca se viu nada parecido por estas bandas.

      Curtir

Dê-me sua opinião. Evite palavras ofensivas. A melhor maneira de mostrar desprezo é calar-se e virar a página.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s