É pouco

José Horta Manzano

Consoante THE – World University Rankings, instituição amplamente reconhecida, nenhuma universidade brasileira está classificada entre as 200 melhores do mundo. Entre o 200° e o 500° lugar, aparecem duas universidades brasileiras. São as únicas instituições nacionais entre as 500 melhores do mundo. A mais bem classificada é a Universidade de São Paulo (USP), cotada entre as 300 melhores. Em seguida, vem a Universidade de Campinas (Unicamp), situada entre o 400° e o 500° lugar.

Além das duas mencionadas, quatro outras universidades brasileiras aparecem entre o 600° e o 800° lugar. São elas: a Universidade Federal de Minas Gerais, a Universidade Federal do Rio de Janeiro, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul e a Unifesp. Portanto, apenas meia dúzia de universidades brasileiras estão classificadas entre as mil melhores do mundo. É muito pouco.

Para efeito de comparação, está aqui um quadro com o mapa da Europa e a menção, para cada país, de quantas universidades estão entre as 500 melhores.

Mapa preparado por jakubmarian.com

Note-se que o Reino Unido tem 58(!) instituições classificadas. Seguem-lhe a Alemanha (44) e a Itália (33). Até a pequena Irlanda tem 7 universidades entre as 500 primeiras, quando o imenso Brasil tem apenas 2.

Nosso país é o 5° do mundo em território e o 5° em população. Partindo da premissa que o brasileiro não é menos inteligente que o resto da humanidade, a indigência de nosso desempenho é incompreensível. Não seria exagero esperar que ao menos uma universidade nossa ‒ umazinha só ‒ se classificasse entre as dez primeiras. Ou entre as vinte melhores. Ou, com muita condescendência, entre as cinquenta campeãs. Em vez disso, nossa melhor instituição só aparece depois das 200 primeiras. É desesperante.

O lulopetismo, que dominou a política nacional durante a última década e meia, se gaba de ter aberto mais faculdades do que nenhum outro governo anterior ‒ como nunca antes neste país. Há de ser verdade. Mas a posição brasileira na classificação global dá prova de que o balanço é ruim. Os estrategistas do partidão confundiram quantidade com qualidade. Pode trazer votos, mas não leva à excelência.

2 pensamentos sobre “É pouco

  1. É, e as particulares conseguem ter um desempenho ainda mais pífio………mostrando que o modelo delas é desastroso por aqui……….e interessante ver como o desempenho das duas públicas paulistas caem dramaticamente desde 2013, quando a USP ocupava a posição 158 e a UNICAMP se situava entre 251-275…………tendo melhorado suas posições em relação ao ano anterior, 2012…………sei que as outras citadas aqui também pioraram suas posições recentemente………..e até que uma ou outra particular conseguiu figurar em alguns destes rankings em algum momento num passado recente, e hoje em dia não passam nem perto deste ranking………..visto as condições de sabotagem as quais o ensino público de nível superior vem sofrendo nestes anos (da não contratação de professores, passando pela falta de financiamento de pesquisas, chegando no corte de bolsas)………soluções simples \ toscas e jogo de empurra empurra de culpa não ajudam a solucionar o problema………..é tipo mimimi, só atrapalha…………..e sabe como é, muito ajuda quem não atrapalha……….

    Curtir

  2. Faz bom tempo que a qualidade da Educação no Brasil vai de mal a pior. O resultado desse imenso problema passa pela absoluta falta de cultura da população que acaba por dar origem em professores com baixa formação para ministrarem as aulas no Ensino Básico e menosprezo pela valorização da pesquisa formadora nas universidades. Tudo isto sem falarmos no excesso de politicagem do país da qual a Educação não escapa.

    Curtir

Dê-me sua opinião. Evite palavras ofensivas. A melhor maneira de mostrar desprezo é calar-se e virar a página.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s