Periculum in mora

José Horta Manzano

O caso Lula da Silva, que virou novela de segunda categoria, já está levando à saturação a paciência dos brasileiros de bem. De molecagem em molecagem, o grão-petista e seu bando têm dado que fazer à Justiça, viciados que estão em brigar no tapetão.

Com as eleições chegando, seu mestre está de olho na miragem de uma eleição ao cargo maior, situação que lhe valeria, por quatro anos, imunidade para novos processos. A chance de poder concorrer (chance para ele, que para nós é risco) é praticamente nula. Ainda assim, Lula da Silva dá uma banana para o Brasil e passa o tempo entupindo a Justiça com recursos e reclamos absurdos.

Coube a doutor Luís Roberto Barroso a decisão sobre a fixação do rito que vai governar a decisão de homologar ou embargar a candidatura de Lula da Silva. Comedido, doutor Barroso, que é ministro do STF e também do Tribunal Superior Eleitoral, tem mostrado privilegiar decisões de bom senso. A maior parte das vezes, seu voto tem-se revelado isento, sem marcado viés ideológico.

Honesto e precavido, doutor Barroso considerou que o caso é de grande repercussão. Assim, preferiu adotar o rito longo, com prazos dilatados, consulta ao plenário da Corte, direito a réplica, tréplica e quatréplica. Sua intenção foi de fornecer um resultado inatacável. Louvo a decisão, mas acredito que Sua Excelência esteja equivocado.

Do outro lado da mesa, não está um “paciente” comum. Quando se julga um cidadão normal, deve-se calçar luvas de pelica e oferecer-lhe todas as possibilidades de defesa e de contestação. Quando, do outro lado da mesa, está um grupo de embusteiros, o tratamento tem de ser diferente, mais seco, mais radical, mais próximo do rito sumário.

Doutor Barroso está empenhado em seguir um caminho liso, perfeito, de modo a impedir todo ataque e toda contestação. Engana-se o magistrado. Seja qual for o rito seguido, é certo que Lula da Silva & amigos reclamarão de qualquer jeito. Insistindo no mito da vitimização, hão de proclamar ao Brasil e ao mundo que o julgamento terá sido injusto, autoritário e abusivo.

Se assim é, por que então deixar o Brasil em aflitivo suspense? Se a decisão (lógica) de proibir Lula da Silva de concorrer será atacada seja qual for o rito, não faz sentido fazer durar a espera.

Periculum in mora ‒ há perigo na demora.

2 pensamentos sobre “Periculum in mora

  1. “brasileiros de bem”……………eis o tipo de expressão vaga, vulgar e retrógrada que não deveria ser usada………..distingue A de B sem o menor critério válido, uma pecha moral bisonha normalmente usada quando os argumentos somem………como mostra a história…………”brasileiros \ pessoas de bem” costumam ser responsáveis por grandes barbaridades em nome do tal “bem”………….por isso essas pessoas não costumam ser confiáveis…………….

    Curtir

  2. Muita gente, inclusive da imprensa, ainda não entende porque o PT insiste em lançar a candidatura de Lula mesmo sabendo que ele estará inelegível.
    Explico a estratégia passo a passo:
    1- O PT vai deixar pra registrar a candidatura de Lula no último minuto do prazo;
    2- Assim que a candidatura for oficializada no TSE começa uma enxurrada de ações de impugnação porém Lula tem todos os direitos de uma candidatura sub judice;
    3- O PT entrará com milhares de recursos e fará de tudo pra atrasar o julgamento da candidatura no TSE;
    4- Enquanto a impugnação é julgada, a foto de Lula passará a constar nas urnas eletrônicas;
    5- A candidatura de Lula é impugnada mas não haverá tempo hábil para modificar as urnas;
    6 – Impugnada a candidatura, os votos que Lula receber nas urnas tem que passar a ser computados automaticamente para o vice dele;
    7- O povo mais simplório será induzido ao erro e votará em Lula ao ver a foto dele nas urnas mas os votos serão transferidos ao vice.
    Eis a estratégia para o PT voltar ao poder: Um verdadeiro acinte que precisa ser detido.

    Curtir

Dê-me sua opinião. Evite palavras ofensivas. A melhor maneira de mostrar desprezo é calar-se e virar a página.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s