Questão de gênero

José Horta Manzano

A Petrobrás, a General Motors, a Honda, a Amazon, a L’Oréal, a Gazprom, a Unilever, a Boeing, a Vale, a Samsung, a Nestlé, a Bayer.

Em nossa língua, como pode o distinto leitor constatar, todo nome de grande empresa ‒ seja de que origem for ‒ costuma ser posto no feminino.

Sexo 1Exceções são muito raras. À vista d’olhos, só encontrei duas: o Google e o Facebook. Por que será? Há de ser porque, antes de serem vistos como empresas, esses nomes designavam aplicação informática.

Seja como for, o gênero veio pra ficar. É difícil imaginar dizer um dia «a Facebook dispensou mil e duzentos funcionários» ou «comprei ações da Google». 

Um pensamento sobre “Questão de gênero

  1. Não sei, mas essa razão de ser do gênero masculino para as duas empresarias quase interplanetárias não me convenceu, mas é uma hipótese……….os dois terem dois “o” pode ser outra teoria……uma terceira poderia ser porque o gênero masculino denota mais força que o feminino……é difícil precisar os porques da mutação da língua, ainda mais em seu uso popular…………….legal pensar que no inglês isso não importa muito, pois o gênero não se aplica propriamente sobre “The” Google ou “The” Facebook………..particularmente, nunca tinha parado para pensar nessa questão………..

    Curtir

Dê-me sua opinião. Evite palavras ofensivas. A melhor maneira de mostrar desprezo é calar-se e virar a página.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s