Palavrão

José Horta Manzano

Rindfleischetikettierungsüberwachungsaufgabenübertragungsgesetz

Como sabem muito bem meus cultos leitores, as línguas anglo-germânicas não são muito chegadas ao uso de preposições. Não é que não as tenham, mas, econômicas, preferem justapor palavras sem necessariamente inserir um elemento de ligação entre elas.

O inglês dirá mais facilmente «theater entrance design ideas» do que o pesadão «ideas of design for the entrance of the theater» ― ideias de traçado para a entrada do teatro.

A língua alemã vai mais longe ainda. Além de dispensar preposições, costuma aglutinar palavras. Sem a menor cerimônia, vai colando umas nas outras. Para quem não está habituado, fica esquisitíssimo. Já os alemães, acostumados com essa prática, não veem problema nenhum em destrinchar os diversos elementos de um palavrão. Questão de hábito.

Clique na foto para ver o vídeo

Clique na foto para ver o vídeo

É esporte nacional na Alemanha criar a palavra mais longa. Nome de molécula química não vale. Volta e meia, aparece alguém com um achado. O último que vi foi esse monstrinho de 63 letras que está lá no começo do post. O que significa? É isto aqui:

Lei de aplicação da tarefa de supervisão da etiquetagem da carne de vaca

A palavra é tão longa que chega a confundir algum alemão. Clique no vídeo para assisir a dois minutos de pesquisa de rua.