Pedir para fazer pipi

José Horta Manzano

A grande mídia nacional, cujos órgãos chegam a publicar manuais de redação, deveria tomar mais cuidado com a escrita. Mormente nos títulos. O erro que anoto hoje é pra lá de recorrente. Na língua nossa caseira de todos os dias, passa; nas páginas da mídia séria, engasga.

O verbo pedir tem diferentes acepções, mas só se constrói com a preposição para em um caso: quando se pede licença para fazer algo. Portanto, a expressão «pedir para» comporta um termo oculto. Será sempre: «pedir (licença) para».

Chamada Estadão

Assim, em frases como pedir para entrar, pedir para ir ao banheiro, pedir para sair mais cedo, é adequado empregar a preposição para depois do verbo. Já a chamada do jornal é inadequada. Deveria ser «Governo pede ao Supremo que suspenda depoimento (…)».

Se a boa mídia não conseguir aprimorar a difusão da língua culta, seria desejável, pelo menos, que não atrapalhasse.

Dê-me sua opinião. Evite palavras ofensivas. A melhor maneira de mostrar desprezo é calar-se e virar a página.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s