Bolsonaro e os militares

Bolsonaro e chefes militares em reunião

Marcelo Godoy (*)

O Brasil tem atualmente na função de ministro da Defesa o general Paulo Sérgio Oliveira que, durante recente reunião ministerial, tratou das urnas eletrônicas, plantando dúvidas como a de que as Justiças Eleitorais dos Estados não fariam a soma dos votos para presidente.

Qualquer escrevente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo sabe o tamanho dessa impostura. A magistratura paulista pode dar seu testemunho da lisura das eleições. Duvidar dela é ofender a honra de centenas de juízes que trabalham a cada ciclo eleitoral. E quem o faz tem apenas um objetivo: manter as sinecuras de uns tantos espertalhões em Brasília.

(*) Marcelo Godoy é jornalista especializado em assuntos militares. O texto foi extraído de artigo de 11 jul° 2022.

Dê-me sua opinião. Evite palavras ofensivas. A melhor maneira de mostrar desprezo é calar-se e virar a página.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s