Não vai dar

Folha de SP, 4 nov° 2021

José Horta Manzano

Dizem que quem vê cara não vê coração. Dizem também que o rosto é o espelho da alma.

Sei não. A julgar pela expressão dos dois, a chapa Lu-Gê tem pouca chance de dar certo. O primeiro está chateado por ter estado, mas não estar mais lá. O segundo está amargurado por ter tentado, mas nunca ter chegado lá.

Uma parceria, pra funcionar, exige, em primeiríssimo lugar, que os parceiros estejam satisfeitos e animados. Pela expressão mal-humorada, parecem estar cumprindo tabela, longe do objetivo. Não pode dar certo.

Um pensamento sobre “Não vai dar

  1. Tá mais para chapa Ge-Lu. O Alckmin já foi chamado de picolé de chuchu e o Lula, além do pé frio, já entrou em muita gelada, se é que você me entende. Por outro lado, considerando o calor infernal da estação que se avizinha e do debate político-eleitoral, pode ser que a chapa seja vista como refrescante (não vai dar em nada de muito significativo mesmo)…

    Curtir

Dê-me sua opinião. Evite palavras ofensivas. A melhor maneira de mostrar desprezo é calar-se e virar a página.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s