Blue Moon

José Horta Manzano

Você sabia?

Blue Moon (Lua Azul) é expressão que aparece há séculos na língua inglesa. Seu sentido evoluiu através do tempo. Os primeiros registros surgem 500 anos atrás e indicam que a expressão era usada para designar coisas absurdas. Dado que a cor da Lua varia entre o branco, o amarelo e o vermelho, nunca se viu uma Lua de cor azul. Portanto, dizer que alguém acreditava numa ‘Lua azul’ equivalia a dizer hoje que esse mesmo alguém jura que a Terra é plana. Coisa de hospício.

O sentido da expressão flutuou ao longo dos anos até que, em meados do século 19, acabou se fixando. Na época, os almanaques eram muito populares, com o santo de cada dia, as festas religiosas, as fases da Lua, os eclipses. Esses livrinhos consolidaram o significado da Lua Azul. O ano se divide em 4 estações. Cada uma delas, em princípio, tem 3 Luas cheias. Quando uma estação tem 4 Luas cheias, a terceira é chamada Lua Azul. Esse desvio da norma, com uma Lua suplementar, ocorre a cada 3 anos mais ou menos. Parece complicado, não? Espere, que vai piorar.

Um artigo de 1946, escrito por astrônomo amador e publicado em revista especializada, continha um erro de interpretação – ou um desleixo, não tem importância. (É chato alguém ficar na história por ter cometido um erro; não menciono o nome do moço pra evitar conflito com os herdeiros.) Em vez de contar quantas Luas cheias tem uma estação, ele contou quantas Luas cheias tem cada mês, veja só. Ninguém se deu conta de que, dali por diante, a definição da expressão Blue Moon (Lua Azul) ia dividir-se em duas correntes.

A partir da publicação do artigo, a corrente tradicional continuou respeitando a definição antiga: Lua Azul é a terceira Lua cheia da estação do ano que tiver 4 Luas cheias. Mas a nova corrente entendeu que Lua Azul é a segunda Lua cheia que eventualmente ocorra num mesmo mês, pouco importando a estação do ano. Parece que dá no mesmo, mas não dá. As Luas Azuis da corrente antiga e da nova não coincidem.

Pela definição antiga, houve Lua Azul em agosto 2013, maio 2016, maio 2019. Para observar a próxima, há que ter paciência até agosto de 2021. Já pela definição modificada, houve Lua Azul em julho 2015, janeiro 2018, março 2018. A próxima cai justamente hoje, 31 de outubro de 2020.

Seguir a corrente tradicional e esperar pela Blue Moon de agosto de 2021 é problemático. Com essa pandemia que grassa por aí, ninguém mais tem certeza de nada. Nem se sabe se a humanidade estará ainda firme e forte até lá. É melhor festejar hoje mesmo, aproveitando que cai junto com o Bumba Ralouín Meu Boi, tradicional festa caipira brasileira. Saúde!

Dê-me sua opinião. Evite palavras ofensivas. A melhor maneira de mostrar desprezo é calar-se e virar a página.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s