No tiene la culpa

Jornal O Globo, 11 nov° 2021

José Horta Manzano

Todo o mundo sabe. Quando um aluno interessado e esforçado não consegue aprender, a culpa não é dele – costuma ser do professor.

Bolsonaro, com 30 anos de métier, tomou Moro como aprendiz. O ex-juiz exerceu como ministro durante quase ano e meio. Admirativo e aplicado como era, se não aprendeu, não terá sido por desinteresse. É que o professor era ruim pra diabo.

Se um culpado existe nesta história, não é o ex-ministro.

2 pensamentos sobre “No tiene la culpa

  1. Desculpe mas há uma impossibilidade teórica e prática no seu raciocínio: Moro foi aprender o quê com o presidente? Desfaçatez? Como burlar as leis e escapar impune? Aperfeiçoar a arte da bravata? Certamente não foi aprender a “ser presidente”. Não se pode ensinar aquilo que nunca se aprendeu. Além disso, você está desconsiderando a mega ultra blaster vaidade do ex-juiz e seu perfil igualmente autoritário. Conhecedor do direito, ele devia estar cansado de saber a que tipo de governo ele estava se filiando. Agora entendo melhor a defesa apaixonada que ele fazia do excludente de ilicitude.

    Curtir

Dê-me sua opinião. Evite palavras ofensivas. A melhor maneira de mostrar desprezo é calar-se e virar a página.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s